Jornada Sub Mergulho
Av. Pedro Blanco da Silva, 665 - Jundiaí - SP
Fone: (11) 4586-5051 

Whatsapp: (11) 947913241

  • Jornada

NAUI Brasil participa do 1º Workshop Nacional do Prog. de Revitalização do Ecoturismo Náutico Brasil

As propostas apresentadas pelo representante da NAUI Brasil, Sr. Alvanir S. Oliveira "Jornada" foram específicas do segmento do mergulho, visando fomentar ainda mais a atividades aqui no Brasil.



Alguns assuntos também foram tratados por outras propostas como a importância da redução dos impostos de importação sobre equipamentos de mergulho para operação (como cilindros, reguladores, compressores, etc).


Também foi elogiado o modelo implementado no Arquipélago de Alcatrazes, que em 4 meses de abertura, já atingiu a marca de 1000 visitantes, como um exemplo de visitação consciente e sustentável em uma Unidade de Conservação Federal.



1º Workshop Nacional do Prog. de Revitalização do Ecoturismo Náutico Brasil

1) Implantação de Recifes Artificiais Marinhos , nas áreas da Baía de Angra dos Reis, especificamente nas Enseadas do Sítio Forte e do Bananal, além de estudos futuros para o Litoral de São Paulo, com o objetivo de incremento do turismo de mergulho, e criação de obstáculos para a pesca predatória.

2) Mobilização em torno da Recategorização de Reserva do Arvoredo, para um Parque Nacional Marinho, o que, certamente seria um grande passo para o mergulho, e para a conservação da unidade, já que atividades clandestinas são praticadas com frequência no local.

3) Implantação de Recifes Artificiais no Lago Paranoá em Brasília. A região é um dos maiores polos de formação de mergulhadores no Brasil, que podem ter mais atrativos para os praticantes.


A Secretária de Turismo do DF Vanessa Mendonça, se sensibilizou com o assunto, e o apoio oficial deve ser reforçado. Criação de museu subaquático, afundamento de veículos como ônibus, e outros tipos, além de estruturas diversas, serão objeto de estudo para os afundamentos.

4) Reabertura das Cavernas na região da Serra da Bodoquena MS. O Brasil experimentou um grande sucesso na atividade de mergulho em cavernas na década de 1990, o que foi freado pelo IBAMA com a publicação da Portaria 89, no ano de 2001, fechando as cavernas.


Atualmente brasileiros que pretendem praticar a atividade, tem que deslocar para o México ou para o Estado da Fórida nos EUA.


Uma eventual reabertura das cavernas, que dependerá da resolução de muitos entraves, certamente traria novamente para a região um incremento significativo para o mergulho em cavernas.


Também foi citada a Região da Chapada Diamantina, que possui muitas cavidades alagadas, e também experimentou um grande avanço naquele período, ficando conhecida, inclusive, internacionalmente.


Bolsonaro saudou os participantes

O Presidente Bolsonaro saudou os participantes, desejando um bom trabalho, em mensagem direto do estado do Texas, nos Estados Unidos.

Outras sugestões, como redução de impostos para equipamentos de operação de mergulho e outras também foram feitas por participantes do evento.

48 visualizações